Brincadeiras para bebês, quanto mais ri, menos chora

Brincadeiras para bebês

As interações entre pais e filhos são importantes para o desenvolvimento do bebê. Apesar do bebê não interagir muito quando novinho, ele está ligado desde o primeiro dia em tudo o que acontece a seu redor. Fazer brincadeiras para bebês de forma divertida e estimulante fará toda diferença no desenvolvimento dele. Conexões estão sendo feitas no cérebro do bebê o tempo todo. Que melhor interação pode existi que brincar? As brincadeiras são importantes para desenvolvimento social, emocional, físico e cognitivo. São momentos de aproximação e prazer.

E tocando neste assunto, ressalto que o mais importante é a brincadeira não o brinquedo e que na maioria das vezes o bebê vai acabar dando risada se for insistente em repetir várias vezes a mesma ação. Há muitas sugestões de brincadeiras para bebês pela internet. Cito abaixo as que foram positivas na minha relação com o João.

Brincadeiras para bebês mês a mês

No Primeiro mês

Um minutinho de brincadeira já é suficiente para diverti e estimular. Escolha horário que ele nem esteja com fome nem sono.  Sinais de agrado do bebê:  abrir os olhos e esticar as pernas.

  • Fazer caretas pertinho dele
  • Conversar com ele. Aproveite todo momento!
  • Estimular o tato por colocar o dedo ou tecido macio nas mãos dele(fralda, seda, mecha de cabelo)
  • Dançar coladinho ou embalado no fim da tarde
  • Tocar na pele do bebê massageando. No banho e na troca de fraldas são momentos ideais para tocar no bumbum desde que ele esteja feliz. Se estiver incomodado haja rapidamente na troca ou banho e abrace-o assim que puder. Usava óleo vegetal de abacate mas pode ser um hidratante infantil.
  • Fazer movimentos exagerados como balançar braços, abrir e fechar os olhos com as palmas da mão com cara de surpresa e bem próximo do bebê
  • Apresentar os brinquedos. Escolhia um brinquedo por dia e o segurava por segundos cerca de 30cm de distância do bebê com um encantamento enorme dizendo: “Olha que incrível!”
  •  Colocar na posição de bruços. Nem que seja por poucos minutos. Poderá chaqualhar chaves atrás da cabeça do bebê (benefícios)
  • Fazer vassourinha com sua mecha de cabelo e varrer o corpo dele

No Segundo mês

  • Colocar na posição de bruços em um travesseiro grande e movimentar o travesseiro de um lado para outro
  • Estimular a visão por posicioná-lo próximo a uma janela. O posicionava também próximo a uma cortina impelida pelo vento (Usava como forma mágica de sair a francesa do quarto) ou a uma planta
  • Usar móbiles (alguns aqui e aqui)
  • Balançar exageradamente a cortina da janela do quarto. Os bebês gostam de ver movimentos exagerados
  • Apresentar os compartimentos da casa. Espera ver a reação do bebê ao ver uma geladeira aberta ou máquina de lavar funcionando
  • Começar Posicioná-lo deitado do lado do espelho

Terceiro mês

  • Ligar o secador e fazê-lo sentir o ar
  • Colocar e tirar objetos de uma caixa
  • Pressionar com uma bola as partes do corpo do bebê, sempre falando: este é o nariz do fulano e assim por diante
  • Fazer bolhas de sabão na frente dele
  • Imitar os sons que ele produz
  • Balançar. Pode ser dançando, deitados numa rede, no sling ou no próprio colo dos pais.
  • Rolar com o bebê deitado em cima de você de um lado para outro

Quarto mês

  • Apresentá-lo as tintas e alguns alimentos(como macarrão, farinha, pão) com supervisão claro.
  • Deitar na grama
  • Colocar o bebê na banheira cheia d’água, ele começará a bater as pernas na água da banheira cheia e se alegrará com o som e o movimento da água
  • Rolar o bebê. Poderá coloca-lo abraçado em uma bola e começar balançar de um lado para o outro
  • Utilizar bolas de pano ou meias próximas
  • Iniciar a utilização de Cesta de Tesouros

Quinto mês

  • Movimentar objetos na frente dele como bolas de pano ou meias
  • Apresentar tapetes sensoriais ou tecidos variados em textura e cor
  • Sentar na cadeirinha e apresentar as frutas: limão, abacaxi e etc
  • Tomar um banho de chuva se houver oportunidade por alguns minutos (Escrevi minha experiência aqui)
  • Passear ao ar livre
  • Fazer charutinho por enrolar o bebê dentro de um tapete ou pano de largura compatível a do bebê e retirar desvirando devagar
  • Aproximar e Distanciar objetos apreciados pelo bebê
  • Alguns bebês conseguem parear. Poderá entregar ao bebê argolas(madeira, metal e etc) ou bloquinhos iguais em pares
  • Colocar na parede em altura baixa  fotografias ou imagens reais
  • Utilizar bolas
  • É provável que se o bebê estiver olhando em um espelho e, de repente, você aparecer nele, ele se vire para procurá-la atrás de si, em vez de acreditar que você está dentro do próprio espelho.
  • Capacidade de passar um objeto de uma mão para a outra. Usar argolas, copo e outros objetos compatíveis ao tamanho da mão do bebê
  • Conversar por telefone em viva voz. É impressionante como gostam e reconhecem as vozes dos pais

As atividades que faço frequentemente e desde que meu filho nasceu: ler histórias, ouvir música(principalmente músicas instrumentais) e cantar. Estas atividades fortaleceram muito nossa relação afetiva e acalmam. Além das brincadeiras para bebês citadas aqui.

Os primeiros meses de um bebê é marcado por um desenvolvimento rápido. De um pequeno recém-nascido a um bebê sorridente e cheio de energia. Os bebês dão significados as coisas antes mesmo de falar. Fazer essas brincadeiras para bebês é uma excelente oportunidade então para tentar maximizar o potencial do bebê, para que ele realmente se torne esperto.

3 thoughts on “Brincadeiras para bebês, quanto mais ri, menos chora

  1. Pingback: Brincadeiras, quanto mais ri, menos chora (até quinto mês) | Esmênia Lima

  2. Pingback: 6 dicas para equilibrar trabalho e família com sucesso - Esmênia Lima - Wrap Slings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *