Um ambiente acessível e seguro é o que o bebê precisa!

O bebê é curioso para descobri o mundo, então basta dar condições e liberdade para isso. Um ambiente acessível e seguro já é o bastante. Não precisa estimular, basta construir um meio adequado e positivo para que a força nata de motivação existente em todo bebê o impulsione a agir. Um bebê já é motivado precisando apenas de liberdade em um ambiente adaptado. Assim ele poderá se desafiar e fazer suas descobertas. As descobertas de um mês de vida de um bebê equivalem ao que um adulto aprende em uma década! Que enorme potencial!

Cuidados

Alguns estímulos são inadequados como: sacudir a criança freneticamente como um chocalho, falar de forma abestada, colocá-los naqueles balanços horrorosos dos parquinhos por longas horas, colocá-los para assistir programas infantis de TV e excesso de brinquedos espalhados pela casa, fazer malabarismos e acrobacias para que o bebê ande mais cedo, estimular a matemática antes do tempo e dar brinquedos que treme, que fala, que pisca, tudo isso em um único brinquedo. Tudo isso contribui para que o ambiente se torna uma verdadeira esquizofrenia. Em consequência a criança vai ter dificuldade para se acalmar, para dormir e para se concentrar. E a falta de percepção dos pais às vezes leva a algo pior que é medicalizar os filhos com tranquilizantes na tentativa de resolver o que inconscientemente causou ou contribuiu.

O espaço  em casa não precisa ser grande e nem pequeno, apenas apropriado para que o bebê possa circular. Tem que ser seguro, sem a necessidade de um adulto em volta, falando: ‘não faz isso’, ‘não faz aquilo’. O adulto deve se manter no campo visual e auditivo da criança. Essa presença, sustenta emocionalmente a criança, mas evite interromper ou intervir nas experiências dela. É preciso ter desafios para a criança, aos quais ela se dedicará quando aquilo se configurar como um desafio.

Ambiente acessível

Exemplo de configuração de um entorno positivo: Uma caixa no meio da sala ou almofada firme ou o próprio colchão de dormir no chão, que faça um degrau. O bebê vai subir e descer engatinhando, quando estiver pronto para aquilo, só isso! Vai ser uma ação natural que promove a descoberta de seu corpo, que vai providenciar uma organização para executar a ação de caminhar. Alguns materiais de utensílios da casa são adequados e melhores do que muitos brinquedos. Que encaixam, que dão para empilhar, que cabem um dentro do outro. Não precisa ser da Fisher Price ou outra marca famosa. Caixas, potes comuns, que todos temos em casa.

Um entorno positivo dá possibilidade da criança fazer descobertas naturalmente e dá possibilidades dela própria criar seus desafios. A gente tem que dar tempo para o bebê ser bebê. Cada fase deve ser respeitada. Os estímulos nem precisam existir, mas um entorno positivo sim! Assim, um ambiente acessível e seguro é o que o bebê precisa!

DSC06996  DSC06998 DSC06997 DSC06999DSC06972DSC06973DSC06974DSC07247 DSC07248 DSC07242

One thought on “Um ambiente acessível e seguro é o que o bebê precisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *